Você está aqui: Início » Tecnologia » Formatos de imagens: quais as características de cada?
Tecnologia

Formatos de imagens: quais as características de cada?

Compartilhe com seus amigos!
  •  
  •  
  •  
  •  

Cada um dos vários formatos de imagens digitais possui uma série de características próprias, que incluem pontos positivos e negativos. Contadas nas dezenas ou centenas de tipos distintos, cada um foi desenvolvido para um tipo de finalidade principal: ser leve e facilmente carregável, ser completa e editável, ter transparência, poder ser animada, etc.

Tantas especificidades, no entanto, não servem para nada se não soubermos quais são elas em cada um destes formatos de imagens, certo?

Por isso, separamos as principais características dos quatro formatos de imagens mais populares da atualidade, que são o JPEG, o GIF, o TIFF e o PNG. Confira:

JPEG

JPEG é o nome dado para o Joint Photographic Experts Group, e certamente é o mais popular entre os formatos de imagens utilizados na internet. Este tipo de imagem é capaz de manter os arquivos com um tamanho bastante reduzido, mas acaba perdendo bastante informações em relação à imagem original, mais complexa.

Uma imagem original pode ser comprimida em diferentes níveis de JPEG. Quanto mais comprimida, menor será o tamanho do arquivo, mas mais informação será perdida em relação à imagem original.

Em função destas características, o JPEG é considerado o formato padrão da internet desde 1994. Além disso, a maior parte das câmeras comuns (inclusive de celulares) utilizam JPEG como o formato padrão.

Aspectos positivos do JPEG:

  • Capaz de reproduzir até 16 milhões de cores;
  • Cores ricas, que permitem bastante qualidade final;
  • Compatível com praticamente todos os sistemas operacionais;
  • Formato mais popular e utilizado na internet;

Aspectos negativos do JPEG:

  • Formato perde bastante quantidade de informação;
  • Após comprimida, pode gerar interrupções na imagem original;
  • Não pode ser animada;
  • Não é capaz de reproduzir transparência;

GIF

Queridinha dos usuários mais antigos da internet, GIF vem do nome Graphics Interchange Format, e é limitada a uma paleta de cores de 8 bits, que resulta em apenas 256 cores. O GIF ainda é bastante popular entre os formatos de imagens online, porque o tamanho dos arquivos é bastante menor, em comparação a outros tipos de compressão de imagem.

O formato GIF comprime a imagem de duas maneiras: em primeiro lugar, reduz a quantidade de cores da imagem original, reduzindo o número de bits por pixel. Em segundo, o GIF substitui padrões similares em padrões menores. Em vez de armazenar cinco tons distintos de uma única cor na imagem, o novo arquivo gera um único tom para substituir todos eles.

A redução da quantidade de cores torna este tipo de imagem mais propício para gráficos, diagramas, desenhos e logos que não exijam uma grande quantidade de cores. Além disso, é um formato muito escolhido para animações. Nestes casos que não exigem muitas cores, a perda da qualidade é pouca, mas ela se torna gigantesca com imagens mais complexas.

Aspectos positivos do GIF:

  • Pode armazenar transparência;
  • Reproduz pequenos efeitos animados;
  • Praticamente sem perdas de informação, exceto no que diz respeito à coloração;
  • Perfeito para imagens com cores limitadas;

Aspectos negativos do GIF:

  • Limitado a 256 cores;
  • É um formato antigo que recebeu pouquíssimas atualizações;

TIFF

O TIFF é, desde 2009, um formato proprietário da Adobe Systems. É um dos formatos de imagens populares especialmente entre usuários que lidam com design gráfico e fotografias em um nível mais profundo. Também é um formato bastante comum entre usuários de dispositivos Apple.

Trata-se de um formato fácil de utilizar com softwares de edição, manipulação e publicação. Ele é bastante flexível, podendo perder ou manter uma grande quantidade de informações, de acordo com o tamanho desejado pelo usuário.

Essa complexidade é o que torna o TIFF tão popular entre usuários que lidam frequentemente com a edição de imagens.

Aspectos positivos do TIFF:

  • É um dos formatos de imagens mais flexível, podendo lidar com vários tipos de compressão ou, ainda, não sofrer compressão alguma;
  • Imagens de alta qualidade, com toda a cor e informação armazenadas;
  • Pode ser salvada com várias camadas separadas sobre uma mesma imagem;

Aspectos negativos do TIFF

  • Tamanho de arquivos muito grandes, exigindo grande processamento e tempo de carregamento;

PNG

PNG vem do nome Portable Network Graphics, e é relativamente novo em comparação a outros formatos populares. Sua aprovação como um padrão de imagem ocorreu em 1996, e a popularização ocorreu rapidamente por ser especialmente desenvolvida para a internet. De forma geral, o PNG é uma espécie de versão melhorada do GIF.

Assim como o GIF, o PNG é capaz de armazenar 256 cores, mas salva a informação de maneira mais inteligente. Originalmente, sua intenção era “aposentar” o GIF em função das melhorias e de não exigir nenhum tipo de licença para uso.

Aspectos positivos do PNG

  • Perde pouca informação e qualidade durante a compressão;
  • Possui mais qualidade e menos tamanho do que o GIF, sendo muito mais útil para o uso online;
  • Lida com a transparência com muita qualidade;

Aspectos negativos do PNG

  • Não é um bom formato para grandes imagens, pois gera arquivos muito grandes – por vezes, maior que o JPEG;
  • Não pode ser animado;
  • Ainda não é suportado por todos os tipos de navegadores;

Compartilhe com seus amigos!
  •  
  •  
  •  
  •  
/* ]]> */